Guimarães não quer deixar cair projeto do Tramway

0

Fora da “bazuca” europeia e do Plano de Recuperação e Resiliência do Governo, Tramway “Guimarães-Braga” começa a perder força entre as escolhas governativas.

Os autarcas de Guimarães e Braga não querem dar como perdida a ligação ferroviária rápida entre as duas cidades. As afirmações são de ambos os presidentes que se mostraram preocupados pela exclusão desta ligação nos planos de mobilidade do país.

O projeto de ligação do Quadrilátero Urbano, que começaria por ligar as duas principais cidades do baixo Minho, está de fora dos planos de mobilidade apresentados pelo Governo Português, algo que inquieta os dois munícipes que querem que esta ligação faça parte dos investimentos públicos para os próximos 10 anos.

Com estudos preliminares já realizados pela Universidade do Minho para a instalação de uma ligação entre os serviços de transporte urbanos e intermunicipais, Guimarães quer também fazer parte da futura Estação Ferroviária de Alta Velocidade que deverá localizar-se numa zona entre Famalicão, Braga e Barcelos.

O Tramway do Quadrilátero Urbano é um projeto que já vem sendo falado desde 2017 sofrendo diversos “altos e baixos” e que pode agora ter a sua decisão final. Domingos Bragança, continua a apontar a conclusão desta obra para 2030, ainda que esta não entre nas contas deste Governo e do seu ministro responsável, Eduardo Cabrita.

Share.

Leave A Reply