Quatro Bairros Saudáveis colocam comunidades a abrir portas e interagir

0

Quatro projetos vimaranenses listados no programa Bairros Saudáveis deram início aos trabalhos em várias localidades do concelho de Guimarães. Todos eles têm a duração de um ano e vão “mexer” muitas comunidades.

O programa Bairros Saudáveis visa melhorar condições de saúde, bem-estar e qualidade de vida em territórios mais vulneráveis. Com projetos participativos, Portugal apresenta agora um programa repleto de pequenas intervenções coordenadas por entidades e coletivos locais que promovam a interação e a saúde mental em várias comunidades.

Guimarães conta com quatro projetos aprovados e já com avanços significativos. O Palácio da Imaginação, o Distâncias Off, o CriativaMente e o 7 Bairros Capitais, 7 Bairros Culturais estão agora em fase inicial com orçamentos que rondam os 25 e os 50 mil euros comparticipados pelo PRR, Ministério do Ambiente e Ministério da Saúde. Vejamos cada um deles:

FRATERNA: PALÁCIO DA IMAGINAÇÃO
Coordenado por Sofia Machado, o Palácio da Imaginação ainda não está construído. Neste momento há uma auscultação do Bairro da Emboladoura, em Gondar, para perceber como pode a população ajudar na abertura de um espaço multifuncional. Neste momento há uma parede que circula de prédio em prédio onde a população pode preencher com sugestões ou então com o voluntariado desta comunidade.

ASSP: DISTÂNCIAS OFF
Vai arrancar na freguesia mais populosa de Guimarães, Creixomil, um projeto que quer terminar com os constantes desafios sociais. A infoexclusão, o isolamento sénior ou os baixos índices de literacia digital vão ser trabalhados por professores, junta de freguesia e um agrupamento de escolas. Esta freguesia identificou cerca de 230 pessoas que vivem sozinhas, sendo estas o alvo prioritário.

A. ACADEMIA DA RAZÃO: CRIATIVAMENTE
Através da “reciclagem” de peças de roupa usadas, o projeto CriativaMente quer trabalhar com a comunidade algumas destas velhas roupas para desenvolver a economia circular. Entre os desafios estão a criação de um futuro desfile de moda com o aproveitamento das peças de roupa e também a integração de pessoas no mercado de trabalho através de parcerias nas áreas do design e na indústria têxtil.

CAPIVARA AZUL: 7 BAIRROS CAPITAIS, 7 BAIRROS CULTURAIS
Orientado por Nuno Machado e Pedro Silva, o projeto encontra-se já em desenvolvimento desde julho passado. Através de parcerias locais com coletivos artísticos, sete bairros do miolo urbano de Guimarães encontram-se a trabalhar artisticamente com a Outra Voz, Coletivo Sarna, Cristina Cunha, Bando à Parte, Onda Amarela, entre outros. Grande parte destes bairros já estão a trabalhar com estes artistas locais.

Share.

Leave A Reply