E os melhores de 2019 são…

0

Está na hora de revelar o que de melhor aconteceu em Guimarães em 2019. Depois da fase de votação, e do respetivo jurado, eis que estão deliberados os melhores acontecimentos na cidade berço.

Durante o mês de dezembro o público conseguiu votar nas várias propostas das mais variadas categorias. Do melhor evento aos novos espaços, tudo foi contabilizado para este ano de 2019.

De lembrar que a votação do público contribuiu em muito para as decisões finais. Mas vejamos o que aconteceu de melhor no ano passado.

MELHOR CONCERTO
Num ano em que vimos grandes e bons concertos como foram o caso de You Can’t Win Charlie Brown, Dead Combo, Tallest Man on Earth ou Rodrigo Leão, foram outros nomes destacados para os três primeiros lugares.
1: Omar Souleyman / Vai-m’à Banda
2: Sensible Soccers / L’Agosto
3: Otim Alpha / Terra

MELHOR EVENTO
Não foi fácil chegar a um consenso nesta categoria. Apesar da votação do público contabilizar quase 30% para as Nicolinas o júri não foi na mesma cantiga e trocou um pouco as voltas. No entanto é de destacar as grandes votações na Feira Afonsina, TEDxGuimarães e Cinema em Noites de Verão.
1: Festa de Aniversário do Oub’Lá
2: A Minha Vida Dava Um Livro / Festival Húmus
3: Festas Nicolinas

MELHOR TEATRO / CIRCO CONTEMPORÂNEO
Numa votação dominada pelos Festivais Gil Vicente e o festival de novo circo Vaudeville Rendez Vous, o público balançou bem entre estes dois grandes eventos. No entanto houve peças “soltas” que se meteram pelo meio.
1: Simple Space / Gravity & Other Miths / Vaudeville Rendez Vous
2: Montanha-Russa / Miguel Fragata / Inês Barahona / Clã
3: Pelat / Joan Catalá / Vaudeville Rendez Vous

MELHOR DANÇA
Um empate a três (pelo público) dita um resultado prematuro desta categoria. Apesar de ter havido uma grande edição do GUIdance este ano há de destacar outras excelentes obras fora dele.
1: Drama / Victor Hugo Pontes / GUIdance
2: Annette, Adele e Lee / Madrugada / Lopes Graça / Hugo Pontes / CNB
3: No Fim Era o Frio / Inês Jaques / Mão Morta / GUIdance

MELHOR CICLO ARTÍSTICO
Não estava catalogada como uma categoria fácil mas teve uma afirmação de grande relevância do público com os Banhos Velhos a garantirem o primeiro lugar. No entanto queremos destacar outros ciclos que não se encontram no pódio como o EGO, Ciclos Expositivos do CIAJG ou o Musicadoria.
1: Banhos Velhos
2: Terra
3: ExcentriCidade

MELHOR FESTIVAL
A categoria mais concorrida foi também a mais unânime entre o público. O noc noc arrecadou o prémio do público ultrapassando festivais como GUIdance, Suave Fest, Fest’in’Folk da Corredoura ou Manta.
1: Mucho Flow
2: Vai-m’à Banda
3: Guimarães noc noc

MELHOR EXPOSIÇÃO / INSTALAÇÃO
A decisão do jurado não foi muito diferente da do público. Mupi Art Gallery, Sinto Coisas, Fenda e Art Will Try to Fix You deram também boa luta aos três primeiros classificados.
1: Bienal de Ilustração de Guimarães
2: Trees Outside the Academy / CAAA
3: Geometria Sónica / Nuno Faria

MELHOR STAND UP COMEDY
Aqui a decisão final baseou-se quase apenas na votação do público. Destaque ainda para as atuações de Bruno Nogueira, Joaquim Monchique, Miguel 7 Estacas ou Roda Bota Fora.
1: Luís Franco Bastos
2: Monólogos da Vagina
3: Beatriz Gosta

MELHOR FESTA
À semelhança da categoria anterior, deixamos os três primeiros lugares da votação do público.
1: Festa do El Rock
2: OSI: Paco Ossuna
3: OXIA

MELHOR EVENTO DESPORTIVO
Porque nem tudo é cultura, este ano também demos destaque ao desporto e apesar de não haver consenso entre os vencedores, “ganhar ou perder é desporto”, certo?
1: Liga das Nações
2: Guimarães Corre Corre
3: Guimarães Night Run

MELHOR ESPETÁCULO
Com boas prestações do Paço Assombrado, Songs of Hope, Drops Of Memory, ainda houve unanimidade entre os três primeiros.
1: Sete / Outra Voz
2: The Ever Coming / Dada Garbeck / Coros de Ponte
3: Guimarães in the Night / Rádio Comercial

ARTISTA / BANDA DO ANO
Foi considerada a categoria mais difícil, contudo a que teve mais “empates”. Captain Boy, Dada Garbeck, Samuel Martins Coelho ou Rodrigo Areias ficaram bem próximos dos três primeiros que foram os seguintes.
1: Paraguaii
2: Mathilda
3: Victor Hugo Pontes

MELHOR NOVO ESPAÇO
Entre os muitos espaços que abriram em Guimarães há uma clara vantagem para três deles que foram também os vencedores.
1: Evineo
2: Cantina CAAA
3: Marco Belini

SURPRESA DO ANO
Esta nova categoria foi também uma surpresa para nós (FreePass Guimarães). Entre os grandes concorrentes encontram-se o Podcast GPS, Parque de Camões/Caldeiroa, as Caminhadas da AVE ou o fecho da ACIG.
1: Percurso Pedonal da Muralha
2: Glovo e Uber Eats
3: Feira Afonsina na Vila de Cima

Share.

Comments are closed.