Guimarães, uma cidade com “potencial cultural e criativo”

0

O novo relatório do Observatório das Cidades Culturais e Criativas, da Comissão Europeia, inclui 190 cidades e Guimarães surge em destaque em vários parâmetros.

Desde 2017 que a Comissão Europeia anda a avaliar as cidades que mais apostam nas artes e na cultura. Portugal surge destacado, em tamanhos, com Lisboa, como cidade de grande dimensão, seguida de Sintra e só depois as cidades de média/pequena dimensão como Porto, Coimbra, Guimarães, Faro e Braga.

A cidade berço surge na segunda posição na Europa no que toca à “promoção de novos empregos no setor criativo”, mas também há outros grandes feitos na “qualidade na governação” e “economia criativa”.

Noutros gráficos, Guimarães apresenta-se com resultados medianos como “vibração cultural” e “participação cultural” ultrapassadas pelas cidades do Porto e Coimbra, mas também fica aquém no que toca à “conexão com destinos internacionais” e no “capital humano e educação”.

Para a posição deste gráfico muito contribuiu a realização da Capital Europeia da Cultura em 2012 e alguns eventos que ganharam destaque nos últimos anos.

O relatório pode ser consultado em detalhe aqui.

Share.

Leave A Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.