Dois projetos sociais escalam para “Fora do Comum”

0

Estão encontrados os dois primeiros projetos da plataforma Democracia do Bem Comum. Guimarães foi a cidade piloto e premiou ações de sensibilização nas escolas da comunidade LGBTQI+ e uma app que liga voluntários e instituições.

Depois de serem admitidos cerca de 50 projetos dos quatro cantos de Guimarães para a plataforma Democracia do Bem Comum, foram selecionados cinco para a grande final que contou com um programa intensivo na Escola Francisco de Holanda num evento denominado “Fora do Comum“.

Desta última etapa destacaram-se os projetos de duas alunas da Escola Secundária das Taipas que pretendem que sejam criadas melhores condições e ações de sensibilização para a comunidade LGBTQI+ nas escolas com o nome “Mente Aberta – Nós temos a voz que tu precisas”.

O segundo projeto a conseguir afirmar-se é “APUCA – Apoio Para Uma Comunidade Ativa”, uma app que pretende ligar jovens que desejam fazer voluntariado e instituições de solidariedade que necessitem de ajuda. Do Fora do Comum saiu também uma menção honrosa para “Cidade a Pedal”, um projeto que quer colocar mais vimaranenses a deslocarem-se de bicicleta.

Os projetos Mente Aberta e APUCA contarão agora com apoio do município e a mentoria da Associação Coolpolitics, promotora do programa Bem Comum, para serem implementados.

Share.

Leave A Reply