7 razões para não falhares o Mucho Flow 2017

1

Estamos a poucos dias do início de mais uma edição do Mucho Flow em Guimarães. A quinta para ser mais exacto. E há maratona de boa música, cerveja e convívio com amigos no CAAA no dia 7 de Outubro.

1 – UM CARTAZ DE CATEGORIA
Que dizer de um cartaz onde percebes mais tarde: “wow, isto vem aqui?!” É uma reacção típica de um normal evento da Revolve. Ainda assim, damos uma pequena lista de bons nomes deste festival, como Sega Bodega, Nadia Tehran, God Colony + Flohio, Horse Lords, Dedekind Cut, Scúru Fitchádu ou o “novo” vimaranense Dada Garbeck. O menu é extenso e o melhor é ver em detalhe aqui. Até lá, conta com boas malhas de hip-hop, electrónica, indie e rock.

2 – MUSA, A CERVEJA PERFEITA PARA ESTE EVENTO
Sim, teremos musas neste Mucho Flow. Até poderemos encontrar a verdadeira musa munida de uma Musa. E que até se pode chamar Mick Lager (a tradicional loira), Red Zeppelin Ale (a escaldante), Born in the IPA (a amiga do Bruce) ou a Twist and Stout (a Maria vai com os outros). Como cerveja oficial do evento, a Musa é uma marca que vai por-te em boas condições para o Mucho Flow.

3 – LIGAÇÃO RÁPIDA AO NOC NOC
O Mucho Flow vai oferecer 3 concertos para as pausas do Guimarães noc noc. Veer, El Señor e Filipe Sambado são os três nomes que podes assistir à pala durante a tarde. Quando deres por ti, estás dentro do evento (tipo no ano passado).

4 – MARATONA DAS 12 HORAS
O Mucho Flow de 2017 tem o seu cartaz a ocupar 12 horas ininterruptas de música no CAAA. Entre as 16:00 e as 04:00, vais poder assistir a um vasto leque de artistas sem teres direito a minutos de silêncio. Se os quiseres ter, tens sempre o espaço exterior que terá mesas e cadeiras para estares na conversa com o pessoal.

5 – TRÊS PALCOS
Já aqui falamos dos concertos no exterior da “grande caixa negra da Caldeiroa”. São três concertos gratuitos e abrem e fecham o primeiro dos três palcos do Mucho Flow. Depois, e porque o micro clima desta zona baixa é estranho, os concertos passam para os dois palcos interiores. Dentro há sempre um mundo para descobrir; e um bar.

6 – SENTIDO PROIBIDO
É uma rua dedicada à cultura underground durante um dia. Ninguém é anarquista e se irá apoderar daquela pequena via, mas vai-te saber bem teres um espaço público só para ti e para a malta que está na mesma posição que tu. Os edifícios das redondezas e o próprio CAAA vão dar aquele ar de que estás noutros tempos e num outro ponto do Mundo.

7 – A COMIDA
A Sala 141 será a cozinha oficial do evento. A pedido do chef, descrevemos apenas que há bons petiscos, sopas quentes, sandwiches, pratos de boas comidas e até vegan food. Aqui jura-se que a “taina” pode ser das melhores coisas deste festival.

8 (EXTRA) – BILHETINHOS
Vamos ao que interessa e sem estar com rodeios, porque não está nada caro: 10€.
E estão à venda online, na Sala 141, CAAA e Salado Bar. Até já!

Share.