Novo movimento quer criar espaço artístico para todos

0

A chegada do Coronavirus expôs um pouco mais as feridas que demoravam a sarar no setor artístico de Guimarães. Mas há quem queira dar a volta a isso.

Falamos com o C.A.V, Centro Artístico Vimaranense, um novo movimento que pretende auscultar o setor cultural e trabalhar para arranjar um lugar onde todos caibam com um espaço multidisciplinar com áreas para a criação, apresentação e convívio entre artistas.

Numa primeira abordagem, o C.A.V pretende mapear todo o setor em Guimarães com os seus ativos, como artistas, produtores, técnicos, designers ou promotores, e criou até um questionário para responder melhor às necessidades estipuladas por cada um.

Numa segunda fase, este movimento pretende arranjar um espaço para trabalhar e criar condições para a sua apresentação. A ligação aqui aos industriais da cidade, outrora mais ativos nesta vertente na região, é que possam também contribuir com cedência ou disponibilização de espaços a preços reduzidos.

Os resultados do inquérito servirão para adaptar o espaço que venha a servir de base da C.A.V. para criar todas as condições para o usufruto do setor artístico de todo o concelho e que já conta com vários parceiros locais.

Share.

Comments are closed.