Horticultura é aposta na terapia da paralisia cerebral

0

Foi inaugurada na passada Terça-feira, 9 de Janeiro, uma nova valência na Associação de Paralisia Cerebral de Guimarães. Um estufa para os seu utentes desenvolverem competências emocionais e sociais.

Foram preciosas as ajudas de várias instituições de Guimarães. Aos White Angels, claque do Vitória de Guimarães, que alimentou esta ideia até ao Laboratório da Paisagem que fará uma formação aos educadores para que estes possam ensinar os seus utentes a mexer na terra e a acompanhar o processo de crescimento das plantas.

A horticultura terapêutica é a nova aposta do Centro de Actividades Ocupacionais da APCG para os mais de 30 utentes permanentes na instituição. No entanto, há cerca de 130 pessoas que poderão beneficiar desta nova valência.

Fotografia: Direitos Reservados

Share.

Comments are closed.