Filho mais novo dos 3B`s precisa de 500 mil euros

0

A start up vimaranense HydrUStent está a desenvolver dispositivos médicos biodegradáveis, imunes às infecções bacterianas e capazes de reduzir o tempo de tratamento até 60%.

Actualmente, a HydrUStent apresenta cateteres para ajudar no tratamento das pedras dos rins. Mas a empresa vimaranense já tem em processo de investigação os cateteres biliares e pancreáticos e cateteres capazes de libertar fármacos.

Este projecto teve o seu início em 1998, através de uma parceria de investigação entre a Universidade do Minho e a empresa 3B`s, com foco na medicina regenerativa. Actualmente, com o desenvolvimento destes cateteres biodegradáveis, a empresa necessita de um investimento de 500 mil euros para o seu fabrico em série e a sua validação em ensaios clínicos.

Share.

Comments are closed.