7 tascas no Centro Histórico para este Inverno

0

O Inverno chegou em força e nada melhor que um belo repasto numa tasca do Centro Histórico de Guimarães. Boas temperaturas, comida apetitosa e vinho do melhor pode ser a solução para aguentar as baixas temperaturas.

As seguintes sugestões são da exclusiva responsabilidade de quem as lê, assim como o excesso de comida e bebida colocada em cima da mesa de cada local.

Tasca Expresso
Aqui o tempo não passa. Sentar à porta e pedir a tigela de vinho verde e um pouco de broa é algo que podemos sugerir, mas o melhor é sempre visitar esta pequena catedral de peças antiquadas penduradas em todo o tecto. Nunca tem hora de abertura e de encerramento, por isso é deslocarmo-nos ao Campo da Feira e esperar por um belo dia.

Café Snack Bar Kebab
O nome está para ser mudado há muito, pois este não condiz com o que acontece dentro das portas da tasca do Sr. António. Aqui, na Rua D. João I, come-se comida alentejana e bebe-se vinho como mais nenhum. Mas o melhor está sempre guardado para o fim com um preço médio de 7€ e com direito ao típico “cheirinho”.

Taberna do Trovador
Com as guitarras sempre prontas, aqui gosta-se também de cantar o fado vádio. A comida é de excelência e o vinho está repartido pelos quatro cantos de Portugal. O preço médio ronda os 12€ e aposta-se no pós-jantar para dar umas de treta entre amigos.

Churrasqueira Toural
De churrasco tem sempre pouco, porque o que de melhor se come aqui às vezes é o marisco. Com pratos típicos e sempre prontos a sair, este local é o ideal para grupos grandes. Localizado bem no coração da cidade, aqui a conta nunca ultrapassa os 12€.

Porta Larga
Passar a tarde entre o chincalhão e os finos e depois saborear um belo prato de arroz de feijão vermelho com sardinhas ou pataniscas, é só aqui. Este tasco está localizado na Rua da Caldeiroa, uma das saídas do centro da cidade e tem diárias a 5€.

Tio Júlio
Quase que dispensa apresentações. O Tio Júlio tem um lugar em Guimarães e a boa fama dos pregos no pão. Aberto até umas boas horas da manhã, esta tasca é ideal para os mais notivagos.

O Fadista
Sentados em pipas e com um fadinho por reserva. Este pequeno tasquinho da Rua Nova quer é fazer gente feliz com a sua comida regional portuguesa e um bom vinho na caneca de barro. O melhor é mesmo chegar e ir picando uns pratinhos prontos a sair. E para jantares de grupo, o preço anda sempre nos 15€, com vinho à descrição.

Share.

Comments are closed.