Valter Hugo Mãe e Rodrigo Areias juntos numa “tragicomédia vimaranense”

0

“Surdina” tem estreia nacional marcada para abril de 2020 mas por enquanto a longa-metragem viaja entre festivais de cinema em todo o mundo. O primeiro aconteceu já no Brasil e a receção foi muito calorosa.

Os dois artistas com origens vimaranenses juntaram-se para realizar uma “tragicomédia minhota” com inspiração nos familiares do escritor português de S. Cristóvão de Selho. Para Valter Hugo Mãe estas são também personagens que marcam presença em muitos dos seus livros.

Rodrigo Areias sai fora da sua zona de conforto para realizar algo completamente diferente do que tinha feito até então. “O filme é mais baseado em diálogos e situações, menos em espaços, como é o meu cinema, que é mais plástico”, mas o cineasta não quer revelar mais para causar surpresa nos espetadores.

A sua estreia aconteceu na 43.ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, Brasil, e contou com uma receção muito calorosa, tanto por parte do público como dos críticos. Rodrigo Areias afirma que “o Valter [Hugo Mãe] é uma vedeta literária no Brasil e tem um número de seguidores um bocadinho superior ao de Portugal”.

Surdina, um filme inteiramente rodado em Guimarães, conta com a participação de atores como António Durães, Ângela Marques, Ana Bustorff, Jorge Mota, Filomena Gigante, Clara Moreira, João Pedro Vaz e Rosa Quiroga.

Fotografia: Frame do filme

Share.

Leave A Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.