Soirée é o contrário de matinée

0

A primeira sessão do Soirée colocou o CAAA num pedestal de momentos únicos e criativos. Três curtas-metragens e três projectos musicais deixaram todos os presentes a fervilhar por mais, nas próximas duas sessões, 20 e 21 de Maio.

O artista grego Larry Gus incendiou o espaço com as temperaturas a subirem bem alto, obrigando à retirada da roupa mais pesada, usada para apanhar um pouco do ar fresco que se fazia fora das portas do Centro para os Assuntos da Arte e da Arquitectura.

Mas se era de prever que as exibições das curtas-metragens intercaladas com a música fossem menos concorridas que as performances de EGBO, Larry Gus ou de Tiago, desenganem-se. O chão tornava-se assento e pouso para a cerveja fresca enquanto decorriam as curtas; um descanso para as pernas que teimavam em querer dançar.

No entanto, as sessões organizadas pelos colectivos vimaranenses Revolve e Bando à Parte não se ficam por uma só noite. O soirée continua já esta Sexta-feira, 20 de Maio, com Geneva Jacuzzi, Prince Rama e MVRIA no palco, e com curtas-metragens de Jorge Quintela, Pedro Bastos e David Doutel & Vasco Sá. Alforjs, Blood Sport e DJ Lynce assumem o comando no dia seguinte, 21 de Maio, intercalando com filmes de Edgar Pêra, Luís Soares e Jorge Quintela.

Soirée 2016
14, 20 e 21 de Maio

Sábado, 14 Maio:
Música
-EGBO
-Larry Gus
-Tiago

Curtas:
-“Arquitectura de Peso”, de Edgar Pêra
-“Carrotrope”, de Paulo D’alva
-“Corrente”, de Rodrigo Areias

Sexta, 20 Maio:
Música:
-Geneva Jacuzzi
-Prince Rama
-MVRIA

Curtas:
-“Ausstieg”, de Jorge Quintela
-“Fuligem”, de David Doutel & Vasco Sá
-“Everything Seems Fine From Up Here”, de Pedro Bastos

Sábado, 21 Maio:
Música:
-Alforjs
-Blood Sport
-DJ Lynce

Curtas:
-“One Way Or Another”, de Edgar Pêra
-“Outro Homem Qualquer”, de Luís Soares
-“Carosello”, de Jorge Quintela

Share.

Comments are closed.