Sociedade Musical de Pevidém extende-se

0

A antiga Escola Primária de Bairro de S. Jorge de Selho, Pevidém, irá ter novos inquilinos. Depois de longos anos a ensinar o ABC, chega a vez de aprender o dó, ré, mi.

A decisão estava tomada desde 2013, quando o Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança, cedeu o espaço à Sociedade Musical de Pevidém para a expansão da academia. Três anos volvidos, as obras já arrancaram e têm o prazo estipulado para Julho deste mesmo ano.

A escola construída na primeira metade do século XX, sofrerá obras que contemplam duas salas de formação musical, salas individuais, sala de audições, sala de professores, uma sala de convívio, um espaço de acolhimento, uma secretaria e instalações sanitárias, totalizando mais de 450 metros quadrados de área num único piso.

As novas instalações da Sociedade Musical de Pevidém têm um custo previsto de 371 mil euros não devendo sofrer alterações à estrutura inicial classicista.

Fotografia: Direitos Reservados

Share.

Comments are closed.