Guimarães integra projeto de rede de teatros acessíveis a todos

0

Cinco teatros nacionais terão espetáculos com maior acessibilidade. Projeto-piloto descentralizado foi apresentado em Guimarães com apoio do BPI e da Fundação “la Caixa”.

Cine-Teatro Louletano (Loulé), Teatro do Noroeste (Viana do Castelo), Teatro Municipal Baltazar Dias (Funchal), Teatro Municipal da Guarda e Oficina (Guimarães) fazem parte da nova rede de teatros com programação acessível, um projeto gerido pela Acesso Cultura.

Público com deficiência visual e surdez têm agora uma solução no acesso à programação cultural em cinco cidades do continente e ilhas. Vários espetáculos, entre eles “Orlando” que estreia em Guimarães em dezembro, contarão com traduções em simultâneo dentro dos próprios auditórios por profissionais já identificados e por outros que possam vir a integrar as bolsas de formação da Acesso Cultura.

O objetivo desta rede é criar melhores condições de acesso à programação cultural fora dos dois grandes centros urbanos, Lisboa e Porto, onde alguns teatros já apresentam soluções eficazes no que toca à abertura da sua programação a pessoas com deficiências visuais e auditivas.

Share.

Comments are closed.