A revolução industrial vimaranense em exposição

0

O Arquivo Municipal Alfredo Pimenta tem patente a exposição “Indústria têxtil de Guimarães: do sistema antigo ao advento das máquinas”, até ao dia 31 de dezembro.

A exposição tem como ponto de partida a coleção documental da Fábrica do Castanheiro e desenvolve a coleção em torno da “narrativa de uma industrialização tardia que despertou com a mecanização e a eletrificação, definindo, para sempre, o perfil industrial de Guimarães. “. Em exposição é possível encontrar alguns dos principais documentos, imagens e objetos com os acontecimentos, personalidades e fábricas têxteis que estiveram na base do movimento industrial vimaranense do século XIX.

Haverá ainda visitas guiadas à exposição e visitas orientadas a algumas das primeiras fábricas de Guimarães. Todas orientadas pela comissária científica Paula R. Nogueira. A inscrição é obrigatória e os horários das visitas podem ser consultados no site do Arquivo.

A exposição “Indústria têxtil de Guimarães: do sistema antigo ao advento das máquinas” pode ser visitada de segunda a sexta, entre as 9:00 e as 12:30, as 14:00 e as 17:00, e tem entrada livre.

Share.

Comments are closed.