Uma cidade de história e cultura recomendada pelo The Times

0

O jornalista britânico Norman Miller repetiu a sua experiência em Guimarães após uma década. Chegou ao berço, guiou-se pelo FreePass Guimarães e escreveu uma grande reportagem no The Times.

“Se Los Angeles tem o seu icónico “Hollywood”, Guimarães afirma-se pela equivalente inscrição, mas com a frase “Aqui Nasceu Portugal””. É assim que começa o extenso artigo do The Times sobre a cidade berço. Um espaçamento de dez anos em relação à última visita, mas o “encanto da UNESCO continua o mesmo”.

Para o The Times, a “primeira capital do país caiu na obscuridade relaxada” deixando de parte o turismo massivo para a vizinha cidade do Porto. Sem explicar se é um fator positivo para a cidade berço, a reportagem urge numa visita ao património edificado mas também à vida cultural e noturna.

Entre as visitas à exuberante Plataforma das Artes e da Criatividade e às relíquias do Museu de Alberto Sampaio, o autor da publicação deixou-se levar pelas recomendações do FreePass Guimarães onde descobriu uma velha fábrica recuperada e com vida própria, o Instituto de Design.

Na noite, Miller deixou-se levar por uma movida jovem, a começar pelas cervejas artesanais do Rua Nova BrewPub até ao jazz do histórico Convívio. Para relaxar, o The Times recomenda ficar no Hotel da Oliveira ou então na pacata Pousada Santa Marinha da Costa.

“Numa cidade que não deixa ninguém passar fome” a publicação aconselha saborear o estrelato d’A Cozinha de António Loureiro ou ainda o luxuoso jardim do Histórico by Papaboa.

“Construída por uma condessa no século X serviu para proteger a cidade dos mouros.”

A extensa reportagem do The Times levou ainda o jornalista ao deslumbrante Castelo, a ver as tapeçarias do Paço dos Duques de Bragança ou ao “recente” percurso pedonal da grande muralha.

Fora do centro houve tempo para uma viagem de Teleférico até ao topo da Montanha da Penha, onde encontrou uma igreja modernista dos anos 30, e os percursos solitários do grande pulmão verde. A Citânia de Briteiros, uma construção do século IX aC., também deixou marcas na publicação do The Times.

Com as viagens baratas entre o Reino Unido e o Porto, mesmo em tempos de Brexit, há ainda destaque para o transfer realizado entre o Aeroporto do Franciso Sá Carneiro a Guimarães pelo valor de 8€ pela Get Bus.

O jornalista acaba o artigo a referir uma próxima visita à bela cidade de Guimarães, berço de Portugal, e ainda deixa o link da agenda do FreePass Guimarães. Nós, em agradecimento, deixamos o PDF da notícia completa.

Share.

Comments are closed.