TGV: Estação partilhada por três cidades e metro ligeiro direto a Guimarães

0

Este é o plano que Guimarães insiste para a conclusão do tema da mobilidade rápida ferroviária na região. A ideia passa por haver uma única estação entre as cidades de Famalicão, Braga e Guimarães na ligação Porto-Vigo.

A união dos partidos políticos vimaranenses pode dar o TGV à região do baixo Minho. A estação, por sugestão dos vimaranenses, deverá ficar entre as cidades de Guimarães, Braga e Famalicão e assim servir cerca de 1 milhão de pessoas numa das regiões mais industrializadas do país.

Desde o lançamento do Plano de Recuperação e Resiliência pelo Governo de Portugal, Guimarães não viu alterações na sua mobilidade quer a nível de transporte urbano entre a cidade berço e a cidade dos arcebispos, que ao início dava conta da ligação em modelo MetroBus, invés do “pedido” Tramway.

Com a força de todas as entidades politicas locais, Guimarães quer ver alterados alguns planos iniciais previstos pelo Governo que ainda não fechou o dossier da ligação Porto-Vigo por TGV e que propunha inicialmente uma paragem a norte de Braga com uma solução ramificada a servir os arsenalistas, colocando a cidade berço cada vez mais longe do comboio rápido.

Esta solução vem dar força à intenção dos vimaranenses em ligar Guimarães a Braga por metro ligeiro e assim complementar com uma paragem a meio da futura ligação entre as cidades do Porto e Vigo por TGV, um projeto que deverá ter luz verde ainda neste ano de 2021.

Share.

Comments are closed.