Restrições aliviadas com certificados a saírem mais vezes do bolso

0

Está encontrado um novo equilíbrio para esta nova vaga de covid-19 que traz mais transmissibilidade e menos casos graves de infeção. Discotecas e bares reabrem mas álcool na rua fica proibido.

Medida vai vigorar nas próximas semanas caso o número de internamentos esteja “estável”. As novas regras trazem mais eficácia aos certificados de testes, vacinação e de recuperação de doença que vão dar livre acesso a restaurantes, eventos com lugares marcados ou no setor do turismo. Já os testes negativos devem ser apresentados nos bares e discotecas e também em grandes eventos sem lugares marcados.

Portugal encontra-se neste momento numa fase de grande contágio, média a rondar as 38 mil infeções diárias, mas com os internamentos e mortes a ficarem-se com números relativamente baixos. As eleições agendadas para 30 de janeiro não deverão sofrer alterações e portugueses poderão votar devido ao reforço de mesas de voto.

NOVAS REGRAS
-Isolamento só de casos positivos e coabitantes;
-Pessoas com dose de reforço isentas de isolamento;
-Isenção de teste para quem tenha dose de reforço há mais de 14 dias (medida geral);

ESCOLAS
-Reforço na testagem e vacinação prioritária para professores, docentes e crianças (6 a 9 de janeiro);
-Recomeço das aulas a 10 de janeiro;
-Teste positivo não leva a isolamento da turma;

TRABALHO
-Teletrabalho obrigatório até 14 de janeiro;
-Teletrabalho recomendado a partir dessa data;

COMÉRCIO
-Regresso dos saldos e promoções;
-Limitação de espaço de uma pessoa por cada 5m2;

BARES E DISCOTECAS
-Reabertura da 14 de janeiro;
-Teste negativo para acesso aos espaços;
-Proibição de consumo de álcool na via pública;

FRONTEIRAS
-Acesso a território nacional apenas com teste negativo;
-Aplicação de sanções às companhias aéreas caso não respeitem essa decisão;

CERTIFICADOS ADMITIDOS EM:
-Restaurantes;
-Estabelecimentos turísticos;
-Espetáculos culturais;
-Cinemas;
-Eventos com lugares marcados;
-Ginásios;

TESTE NEGATIVO:
-Lares e estabelecimentos de saúde;
-Grandes eventos sem lugares marcados;
-Recintos desportivos.

Share.

Comments are closed.