Os 10 tipos de pessoas que vão ao Pinheiro

0

Mais um ano, mais uma vitória. O Pinheiro foi mais uma vez enterrado e as Festas Nicolinas entram a rasgar no quotidiano vimaranense. O Bafo esteve no cortejo e registou alguns factos.

Os nomes que se seguem podem ferir sentimentos de algumas pessoas mais sensíveis. Avisamos também que estes se encontram no género masculino, mas que se encaixam também no feminino.

O VIRTUOSO
É o tipo que toca sem parar, segue o cortejo e bebe o suficiente para aguentar a noite. Pode vir também de cigarro no canto da boca, que ninguém sabe como ele vai lá parar, mas ele está sempre lá. E se houver sangue na mão, é sinal de dever cumprido.

O BARISTA
Com a mochila às costas e carregada de diversas bebidas (sobretudo alcoólicas), está sempre disposto a distribuir copos e garrafas pelos seus compinchas. É o indivíduo que queremos sempre ter ao nosso lado.

O ENTUSIASTA
Tudo é bonito no Pinheiro. E festa é com ele! Salta, dança, toca nas caixas e nos bombos dos outros. Tudo é uma alegria para esta pessoa. Normalmente vem acompanhado de alguma histeria e copos entornados.

O CHATO
É o gajo que diz que quer ir embora nas piores alturas. Sem entender “o Pinheiro”, este é o gajo que se deve sempre deixar nos bares.

O CHEIO DE CALOR
Bebeu tanto que anda de tronco nu ou de t-shirt a cantar as músicas do Vitória.

O ROMÂNTICO
Normalmente vem com a ideia do engate. E pode dizer-se que é quase sempre bem sucedido. Mas é preciso alguma persistência e alargamento do leque de opções.

O QUE NÃO SAI DO RESTAURANTE
Para este ser, o restaurante é o melhor local do mundo. A comida é boa, o vinho é bom e nada o consegue mover dali. Talvez a ambulância.

O VIRGEM
Nunca veio ao Pinheiro e tem as expectativas em alta. Cai sempre com estrondo no final da noite porque nada foi aquilo que estava à espera. Este tipo de pessoas são normalmente de fora do concelho.

O SURDO
O gajo que só toca para ele. Não ouve ninguém e nunca toca no tempo certo. Confunde-se muitas vezes com o chato, mas este é muito mais fácil de descobrir porque tem caixa ou bombo.

O FRUSTRADO
Normalmente chama-se a este tipo “o gajo que vem armar o cão”. Sempre atento ao que se passa à volta para entregar um pouco da sua moralidade através de murros ou pontapés.

Todas as notícias publicadas n”O Bafo” poderão ou não ser verdadeiras. Se calhar são. Ou não.

Share.

Comments are closed.