O fim de uma máscara é o início de algo

0

Chegaram às escolas da cidade berço ecopontos específicos para recolha de máscaras com vista à sua valorização.

O Município de Guimarães iniciou esta terça-feira, dia 12 de janeiro, a colocação de ecopontos em várias escolas do concelho. São contentores personalizados, construídos a partir de plásticos mistos reciclados, onde devem ser depositadas as máscaras.

Uma iniciativa do projeto “Recolher e Valorizar”, em parceria com a empresa To be Green e o CVR – Centro para a Valorização de Resíduos, com o objetivo de criar novos produtos feitos à base de fibras têxteis ou valorizá-las em placas poliméricas e briquetes.

Recordamos que as máscaras e outros materiais de proteção contra a pandemia devem ser colocados em ecopontos próprios ou no lixo comum e nunca nos ecopontos de reciclagem.

Share.

Comments are closed.