Nova rede de transporte público começa em 2021

0

Guimarães está a preparar o novo modelo de transporte público. O Plano do Serviço de Transporte Rodoviário de Passageiros vai contar com concurso público internacional.

Novas linhas, novos veículos com informações sobre cada paragem, alguns deles elétricos, e uma maior abrangência de todo o concelho de Guimarães. Estes são os principais pontos do novo modelo de transporte público da cidade berço.

Após o parecer positivo da Autoridade de Mobilidade e Transportes, Guimarães pode avançar para o concurso público para assim arrecadar a melhor oferta apresentada. Com deveres a serem cumpridos, a nova empresa concessionária terá também apoio da autarquia com valores que deverão rondar os 3 milhões de euros por ano, um total de 30 milhões em 10 anos, ou seja, até ao fim da concessão.

Para o público parte da novidade foca-se na possibilidade de adquirir um bilhete a um preço unitário para toda a rede e ainda ligações com outros operadores regionais, onde estão abrangidas entidades como CIM do Ave, CIM do Cávado, CIM do Tâmega e Sousa, Área Metropolitana do Porto e Autoridade de Transportes de Santo Tirso, Trofa e Famalicão.

TRÊS NOVAS LINHAS APROVADAS
A freguesia das Taipas e AvePark, por exemplo, vão ficar inseridos neste novo modelo de transportes, assim como outras zonas que até então não tinham resposta na rede urbana vimaranense.

Com os novos veículos chegam também outros deveres. Acessibilidades, informação digital e possibilidade de transporte de veículos como bicicletas ou outros meios de circulação suave são alguns dos pontos que a autarquia deseja para o futuro.

Guimarães prevê um aumento de cerca de 770 mil km/ano, o que pode significar mais 27% além do já atualmente implementado.

Share.

Comments are closed.