Medidas de proteção civil dão carimbo “resiliente”

0

Guimarães passa a integrar a lista de Cidades Resilientes das Nações Unidas. Esta classificação foi reconhecida pela UNDRR.

A base das Nações Unidas para Redução de Riscos de Desastres (UNDRR) reconheceu Guimarães pelo seu desempenho ao nível da proteção civil dos seus cidadãos mas também dos bens patrimoniais.

A capacidade das infraestruturas locais e serviços organizados para minimizar os efeitos de eventual acidente grave ou catástrofe valeu o diploma de “Cidade Resiliente”.

A autarquia vimaranense pretende manter a aposta no desenvolvimento e implementação das várias iniciativas e projetos que visam a proteção de pessoas e bens.

Share.

Comments are closed.