Máscaras e certificados regressam. Bares e discotecas fecham uma semana após réveillon

0

Com o número de casos covid-19 a aumentar, o Governo vai voltar a impor restrições em várias frentes do quotidiano. Recolhimento de uma semana após a passagem de ano é uma das medidas mais impactantes deste novo quadro.

Estão anunciadas as novas medidas os próximos dois meses. A partir de 1 de dezembro, Portugal vai contar com um quotidiano um pouco diferente com o regresso das máscaras aos locais fechados, como cafés e restaurantes e certificados obrigatórios em eventos culturais e desportivos.

Com quase 90% da população vacinada e um significativo avanço nas doses de reforço, Portugal não vai encerrar estabelecimentos, pelo menos durante o mês de dezembro, ao contrário do que está a acontecer um pouco por todo o mundo. Ainda assim, o Governo português quer salientar que existem locais gratuitos para se fazer testes rápidos.

Os testes que deverão ser apresentados nos espaços que agora são obrigatórios são os PCR (que têm uma durabilidade de 72 horas) e os antigénio (que contabilizam cerca de 48 horas).

A recomendação de se fazer regularmente auto-testes foi também pedida por parte do Primeiro-ministro António Costa, que salienta ainda que as famílias o façam antes dos reencontros de Natal e Ano Novo. Abaixo fica a lista das novas medidas previstas para o dia 1 de dezembro.

MÁSCARAS
-Em todos os espaços fechados.

CERTIFICADOS OBRIGATÓRIOS
-Em restaurantes, bares, discotecas;
-Eventos com lugares marcados;
-Ginásios;
-Hoteis e alojamentos locais.

TESTES OBRIGATÓRIOS
-Em bares e discotecas;
-Grandes eventos sem lugares marcados;
-Testes nas visitas a lares e instituições de saúde;
-Entrada no território nacional via aérea, marítima e terrestre.

RECOMENDAÇÕES
-Auto-testes regulares;
-Auto-teste antes das celebrações natalícias e de passagem de ano;

ENTRE DIA 2 E 10 DE JANEIRO
-Teletrabalho obrigatório;
-Período de férias escolares;
-Bares e discotecas encerradas.

Share.

Leave A Reply