Hotelaria fixa-se nos 62% mas turismo sobe

0

Os dados de 2019 do Turismo de Guimarães mostram-se animadores para o ano que se avizinha. A corrida aos postos de turismo aumentou 32% em relação a 2018.

Guimarães manteve a evolução dos últimos anos em 2019. Mais visitantes e uma diminuição na sazonalidade fixaram a cidade berço entre as cidades mais visitadas em Portugal.

O público espanhol liderou o pelotão de visitantes à cidade, acompanhado pelos franceses e brasileiros. Ainda assim os portugueses ficam fora do pódio das entradas nos postos de turismo.

A atenuação de períodos sazonais e o aumento da oferta de alojamento ditaram a capacidade de ocupação hoteleira nos 62%, o mesmo valor de 2018, ao longo do ano, sendo agosto o mês mais concorrido atingindo os 85%. Já os períodos menos concorridos, como foi janeiro, a marca foi abaixo dos 40%.

UM MILHÃO DE VISITANTES AOS MUSEUS DE GUIMARÃES
Contabilizando os museus sob a Direção Regional da Cultura do Norte (Paço dos Duques, Castelo e Museu de Alberto Sampaio) e os da Oficina (CIAJG e Casa da Memória) o número de visitantes aumentou 8,9% face a 2018 com 939 mil visitas.

Já o Teleférico de Guimarães registou uma diminuição no número de viagens com 231 mil, menos 35 mil do que o mesmo período do ano transato. A principal causa prende-se com o facto deste equipamento ter sofrido uma intervenção ao longo de quatro meses.

O relatório final pode ser consultado aqui.

Share.

Comments are closed.