Há um polvo gigante a sair dos esgotos de Guimarães

0

A mais recente obra no Bairro C apresenta um enorme polvo a evadir-se das saídas de esgoto do atalho entre a Caldeiroa e a Avenida D. Afonso Henriques.

A criação de Nelson Xize e Nuno Machado revela um polvo pintado no chão de vários metros acompanhado de lixo que habitualmente se encontra nas condutas da cidade. Sacos de plástico e máscaras de proteção individual são alguns dos objetos que acompanham o animal de cerca de 25 metros.

Os artistas elegeram o polvo como um símbolo de regeneração ambiental. Uma escolha que recai também no poder do humano em debilitar a natureza com poluição.

Esta instalação encontra-se ao lado do antigo túnel que ligava a Caldeiroa às traseiras da Garagem Avenida/Teatro Jordão, lugar que hoje quase passa despercebido entre os olhares dos vimaranenses.

Os autores do projeto vão ainda “ocupar” mais dois espaços públicos da cidade nos próximos dias.

Share.

Leave A Reply