Guimarães mostra-se ao país e ao mundo com avanços na economia e sustentabilidade

0

Nos últimos dias Guimarães tem sido destaque em conferências e na imprensa nacional devido ao reflexo do seu trabalho nos campos da sustentabilidade e das transições energéticas e digitais.

A mais recente presença do Município de Guimarães na Portugal Mobi Summit mostrou parte do trabalho que tem sido feito a nível de energia, água, mobilidade, futuro do trabalho, habitação ou resíduos. A criação das Brigadas Verdes, a nova concessão de transportes públicos, o trabalho feito em Couros, um sistema de governança até 2030, zonas verdes e futuras ligações entre o Quadrilátero Urbano são alguns dos temas abordados por Domingos Bragança em Cascais nos últimos dias.

Estas planos foram partilhados com os municípios de Cascais, Viana do Castelo, Vila Nova de Famalicão e Matosinhos que se colocam na linha da frente para a descarbonização das cidades e que apostam em sistemas inteligentes para os seus futuros.

Parte desse destaque foi dado também no Jornal de Negócios que volta a destacar Guimarães como uma “100 Cidades Inteligentes” na Europa, um selo atribuído pela Comissão Europeia. Esta funcionalidade trouxe também alguns desafios às cidades de Lisboa, Guimarães, Aveiro, Cascais e Porto, que todas apresentam projetos ligados às “smart cities” até 2030.

Share.

Comments are closed.