Guimarães já pensa na mobilidade para o futuro. E passa por BRT e minibus

0

O mais recente estudo apresentado pelo Município de Guimarães pretende implementar um novo sistema de mobilidade no concelho. O plano é um novo modelo de mobilidade municipal e intermunicipal até 2040.

A aposta no transporte público traz grandes desafios ao concelho vimaranense. O novo estudo de mobilidade apresentado na Plataforma das Artes contou com a presença do autarca vimaranense e também do promotor do novo documento, o professor Álvaro Costa, especializado em transportes.

Este modelo foca-se principalmente nos corredores rodoviários que ligam Guimarães às principais vilas do concelho como Taipas, S. Torcato, Brito e Ronfe, Moreira de Cónegos e Lordelo, e um eixo secundário de Pevidém e Serzedelo. Devido às dificuldades encontradas nestas vias, com diversas possibilidades de transporte, o estudo foca-se principalmente na implementação do sistema de Bus Rapid Transit para as EN206 (Ronfe) e EN101 (Taipas e AvePark) que prevê ter via dedicada, mas também uma adaptação às vias existentes.

Contudo, há casos difíceis mas com soluções viáveis. Neste estudo, o caso da ligação a Moreira de Cónegos e Lordelo, seria impossível criar algo novo, mas o facto de existir já uma ligação ferroviária o desejo passa por criar ligações de 20 em 20 minutos e mais apeadeiros até Lousado, o que iria permitir um maior fluxo de pessoas neste eixo.

Para o centro urbano de Guimarães o estudo vai mais longe. A nova rede de minibus da Guimabus, que já conta com seis veículos a operar, pode crescer e tornar-se num dos meios mais utilizados pela população que tem agora um segundo desfio de criar também o hábito à população. Eventuais ligações por cabo, ou seja por teleférico, encontra-se também em cima para este miolo.

Esta nova fórmula de transportes está também pensada ao atual modelo implementado no concelho desde o início de 2022 e que pode complementar com os novos apoios aos passes sociais que têm entrado em vigor em quase todo o território. Também em 2023 deverá entrar uma nova operadora para as ligações intermunicipais.

Share.

Leave A Reply