Guimarães e Braga alinhadas no futuro metro de superfície

0

Os astros parecem estar a alinhar-se para a construção da futura rede de metro ligeiro no Quadrilátero Urbano, que pretende ligar Guimarães, Braga, Famalicão e Barcelos.

Braga e Guimarães estão em concordância quanto ao modelo de transporte sobre carris a ligar as duas principais cidades do baixo Minho. Os autarcas falaram recentemente sobre o projeto e até reuniram consenso entre Ministérios do Governo para obterem luz verde.

Depois de reuniões e visitas com os Ministros do Ambiente e Economia, Guimarães e Braga apontam agora para pequenos detalhes como é o caso da passagem pelos pólos universitários do Minho, ao qual o reitor Rui Vieira de Castro, predispôs-se na facilitação dos meios académicos para este projeto, que deverá ter um custo de superior a 150 milhões de euros.

Desde o ano de 2004 que se fala em unir Guimarães e Braga através de um meio de transporte acessível e de baixo custo. Após sucessivos anos de reticências, há uma concordância por parte de todo o Quadrilátero Urbano, para o projeto sair da gaveta.

Recorde-se que o Governo tem em mãos um novo Plano de Mobilidade para todo o país do qual onde a tríade de cidades Lisboa, Oeiras e Loures já obteve autorização para avançar para uma obra semelhante, num projeto orçado em cerca de 450 milhões de euros.

Share.

Leave A Reply