Guia para aproveitar o melhor das Gualterianas 2020

0

2020 provocou uma onda de cancelamentos, mas as Festas Gualterianas vão acontecer com adaptações à nova realidade. Guimarães vai viver as suas centenárias festas entre os dias 31 de julho e 3 de agosto.

Exposições, um carro alegórico a circular pela cidade, mostras de arte e concertos compõem um cartaz muito adaptado às novas imposições de higiene e segurança mundial. Durante quatro dias há muito para ver e viver na cidade berço.

Sem as habituais diversões e sem grande parte do programa, as Gualterianas de 2020 serão pautadas pela circulação de pessoas em volta dos diversos projetos em exposição pela cidade. Mas vamos por partes:

EXPOSIÇÕES
Haverá quatro exposições dos mais diversos temas, mas todas elas vão evocar as memórias das Gualterianas. A primeira é dos Obreiros da Casa da Marcha que irão ocupar grande parte do Jardim da Alameda S. Dâmaso. Já a Associação Muralha vai expor os cartazes das festas que datam desde 1906.

Outras duas exposições estão inseridas na call Projeta! Cria! Participa! “provocada” pela autarquia vimaranense. Na primeira, dez artistas plásticos vão ocupar as montras da Rua Sto. António, deixando as imagens reais para outras artérias da cidade. Todas as exposições irão permanecer durante todo o mês de agosto.

CONCERTOS
Apesar de todas as limitações há concertos para assistir nestas Festas Gualterianas. Dois deles vão acontecer no largo da Igreja S. Francisco com música erudita nos dias 31 de julho e 1 de agosto, às 21:30.

O fado também será evocado. Numa parceria com a Associação Guimarães Fado haverá um veículo a circular na cidade com música ao vivo numa atividade que destaca o centenário de Amália Rodrigues.

OFICINAS
Nos dias 1 e 2 de agosto o público pode dar o seu contributo para animar as Festas Gualterianas com a criação de máscaras alusivas às várias atividades que este ano não se realizam, como a Batalha das Flores, Marcha Gualteriana, Grupos de Bombos ou a Majestosa Procissão de São Gualter.

A outra das oficinas será a criação de um grande painel de azulejos que ficará exposto numa parte da cidade ainda a definir. Até lá, os vimaranenses podem contribuir para a construção deste painel no Instituto de Design, nos dois primeiros dias de agosto.

TRÂNSITO
Dado a todo este programa colocar o público numa intensa circulação pela cidade, a autarquia vimaranense resolveu suspender a circulação automóvel em várias artérias da cidade como em todo o centro histórico (zona intramuros).

Também a Alameda de São Dâmaso (norte), Largo de Toural (nascente) e Rua de Santo António serão cortadas ao trânsito a partir já do dia 31 de julho para uma melhor circulação pedonal.

FESTAS GUALTERIANAS 2020
31 de julho a 3 de agosto

31 de julho:
19:00
-Exposição da Casa da Marcha | Alameda S. Dâmaso
21:00
-Exposição A Muralha | Largo do Toural

1 de agosto:
21:30
-TetrAcord’Ensemble | Largo de São Francisco

Share.

Leave A Reply