Entre os quatro filmes que estão a caminho da Berlinale um é vimaranense

0

Um dos mais importantes festivais de cinema em todo o mundo vai receber um filme do cineasta vimaranense Carlos Lobo. Ao todo, Portugal apresenta-se no Festival de Berlim, na Alemanha, com quatro filmes.

Sobe para quatro o número de presenças nacionais no Festival de Berlim. A curta “Aos Dezasseis”, de Carlos Lobo, e o documentário “As Águas de Pastaza”, de Inês T. Alves, são os anúncios mais recentes, onde já tinham sido chamados “Super Natural”, de Jorge Jácome, e “By Flávio”, de Pedro Cabeleira.

Carlos Lobo, um multifacetado artista vimaranense, vai apresentar-se com a curta-metragem “Aos Dezasseis”. A primeira curta-metragem de ficção do cineasta integra a Competição Generation 14Plus, dedicada a obras contemporâneas que exploram a vida e o mundo juvenil e estreia mundialmente na Berlinale.

A curta-metragem foi quase toda rodada na cidade de Guimarães, onde contou com o apoio do programa municipal de apoio às artes IMPACTA. A sua estreia acontece em Berlim, mas o filme e o seu autor prometem não ficar por aqui.

O festival vai decorrer em formato hibrido, com metade da ocupação das salas e durante menos dias do que o habitual devido à situação pandémica na Alemanha. O festival decorre, oficialmente, entre os dias 10 e 12 de fevereiro, mas as sessões de cinema irão prolongar-se durante vários dias.

Share.

Comments are closed.