Compararam a mortalidade com o uso de espaços verdes e Guimarães é exemplo

0

Está lançado mais um ranking onde dão a cidade de Guimarães como exemplo para toda a Europa. Os dados foram publicados no portal The Lancet Planetary Health com destaque para as cidades de Guimarães e Paredes.

Guimarães é uma das melhores cidades para viver em toda a Europa nos indicadores de espaços verdes e também no que toca à poluição do ar. A cidade berço chega mesmo a ocupar a segunda posição europeia de áreas verdes com o melhor índice de mortalidade e proximidade das casas a espaços verdes.

O ranking que compara a poluição do ar e zonas verdes destaca várias cidades portuguesas como Porto, Lisboa ou Setúbal, que concentram maiores quantidades de poluição do ar, deixando-as com um “aviso amarelo”. Já Viseu, Sintra, Braga e Guimarães estão no “verde” mas com um aviso de que menos poluição poderiam evitar-se muitas mortes por ano.

Na categoria de vegetação e espaços verdes, o ranking mostra várias cidades portuguesas com selos “laranja” e “amarelo” como Funchal, Ponta Delgada, Lisboa, Porto, Povoa de Varzim e Sintra a destacarem-se pela negativa. Pela positiva Paredes e Guimarães saem a ganhar com maiores áreas verdes e com o número de mortes que poderiam ser evitadas muito baixo.

O estudo feito pelo Instituto de Barcelona analisou mais de 1000 cidades de 31 países europeus concluindo que cerca de 43 mil mortes poderiam ser evitadas se a proximidade de espaços verdes às zonas residenciais fossem mais constantes nas cidades. O ranking pode ser analisado em www.isglobalranking.org.

Share.

Comments are closed.