Com Orçamentos Participativos cancelados, verbas ganham novo destino

0

Os programas anuais que colocavam os cidadãos a dirigirem os dinheiros públicos estão cancelados devido ao Coronavirus. O OP e o OP Escolas podem retomar em 2021.

O Município de Guimarães pretende canalizar dinheiros que estavam destinados ao Orçamento Participativo e OP Escolas para as áreas da educação e da cultura. A proposta vai a reunião de Câmara na próxima segunda-feira, dia 4 de maio.

Na área da educação, estão a ser adquiridos equipamentos eletrónicos como tablets e computadores portáteis para distribuir, em formato de empréstimo ou doação, por famílias carenciadas que tenham agregados com dificuldades em assistir às aulas por via eletrónica. Estes computadores serão comprados com financiamento inicialmente destinado ao OP Escolas.

Já na cultura, o cancelamento de eventos como Feira Afonsina, Comemorações do Dia 1 de Portugal ou Festas Gualterianas, avançado em notícia da RUM, vão libertar espaço para que artistas e a principal cooperativa artística de Guimarães promovam a criação de grandes produções para 2021.

Entretanto continuam abertas as candidaturas ao novo programa IMPACTA do Município de Guimarães que ganha assim também um pequeno reforço no orçamento, tanto em valores como em tempo para aceitar candidaturas.

Share.

Comments are closed.