Antiga fábrica vai dar lugar a 660 camas para a UMinho

0

Irá chamar-se Aldeia Contemporânea e vai custar cerca de 15 milhões de euros. Esta residência universitária vai nascer numa antiga fábrica perto da zona de Madre Deus.

Fica a pouco mais de 500 metros do pólo de Azurém e irá receber perto de 700 alunos e professores universitários com rendas low cost. O projeto é privado e já tem o aval da autarquia que pretende contribuir com uma ligação ciclável até ao principal campus universitário vimaranense.

Ao Expresso Francisco Rocha Antunes, da Capital Humano, afirma que o espaço terá também todas as condições para os utilizadores com zonas de estudo, trabalho, leitura, ginásio, lavandaria, zona de refeições e uma série de espaços qualificados.

Esta residência universitária vem colmatar a falta de camas para os alunos que todos os anos pretendem garantir um quarto a preços acessíveis na cidade de Guimarães.

Share.

Comments are closed.