7 conteúdos digitais para acompanhar nesta quarentena

0

Os vimaranenses têm contribuído, em muito, para promover a cultura online. Concertos, conversas ou mini documentários, há muito para escolher.

São muitos os projetos desenvolvidos por vimaranenses ao longo da quarentena, em formato online, com o objetivo de manter os focos ligados nas artes e na cultura.

CLAV SESSIONS
A CLAV mantém-se como um dos poucos palcos nacionais que não parou durante a pandemia do Covid-19. Há vários conteúdos que podem ser visualizados no canal de Youtube, mas o foco das CLAV Sessions mantém-se nos concertos live a partir dos seus canais e parceiros online.

CONVERSAS A OFICINA
Todas as terças-feiras há conversas online entre programadores da cooperativa Oficina e agentes culturais locais e nacionais.  Em conversa serão abordadas várias áreas da arte e da cultura, tanto local como internacional. Conhece aqui os convidados.

O PERCURSO
O Percurso pretende colocar técnicos do som e vídeo a realizarem pequenos vídeos com artistas e coletivos locais.  Este projeto chega numa altura em que o mundo das artes mais precisa de visibilidade e o setor sofre com a paragem prolongada.

CONVERSAS PINTADAS
No seu estúdio com convidados de honra, um copo de vinho e uma bonita conversa com um máximo de 40 minutos. É assim que Luís Canário Rocha está a receber os seus convidados com direito a uma tela pintada no final Assim é as Conversas Pintadas.

SONS DA MINHA TERRA
O pianista vimaranense Pedro Emanuel Pereira tem disponibilizado, nos últimos domingos, vários excertos ao vivo do seu mais recente disco “Sons da Minha Terra”. Os vídeos foram gravados no Centro Cultural Vila Flor e estão disponíveis no seu canal de Facebook.

SESSÕES EM CONVÍVIO
É uma nova produtora a entregar vídeos ao domicílio. A Easy Gig estabeleceu-se na Associação Convívio e desde então tem produzido vários conteúdos online que merecem uma espreitadela.

EM GUIMARÃES
A nova plataforma Em Guimarães tem disponibilizado diversos conteúdos de vários artistas da cidade berço. Da música popular ao teatro, são muitos aqueles que agora têm a marca de Guimarães no seu percurso, uma vez que as artes e os espetáculos sofrem uma dura penalização pelas salas se encontrarem fechadas.

Share.

Leave A Reply