6 locais fora de Guimarães que tens mesmo de conhecer

0

Apesar dos merecidos destaques ao Castelo, Paço dos Duques ou centro histórico, Guimarães tem muito mais para conhecer de que o seu miolo urbano.

Abaixo reunimos umas dicas de locais que merecem uma visita tanto dos vimaranenses como dos que visitam esta bonita cidade. A história e o património são alguns dos pontos fortes dos locais que vamos apresentar.

CASA DE SEZIM
Esta antiga casa senhorial do século XVIII foi recentemente convertida em unidade hoteleira e tem também um excelente espólio de vinhos de produção própria. Aqui podemos degustar dos excelentes vinhos da casa e da região com provas e visitas às suas vinhas. Este solar recebe também visitas gastronómicas e encontros empresariais.

BASÍLICA DE SÃO TORCATO
O mosteiro que se tornou Basílica mais rápido que as próprias obras. Este monumento de culto foi considerado como a “Sagrada Família” de Guimarães, pois as obras teimavam em terminar (quase 200 anos). Agora, no seu expoente máximo, ergue-se a imponente Basílica sob um terreiro e jardim muito convidativos ao passeio.

IGREJA E CAPELA DE LONGOS
Esta peculiar freguesia tem em si guerras infinitas entre Guimarães e Braga. Situada da conhecida Serra da Falperra, a Capela de Santa Maria Madalena é um dos mais belos exemplares do barroco nacional e que promove uma vista incrível sobre toda a região. No centro da vila é possível ver também a bela Igreja de Santa Cristina de Longos e petiscar nas tabernas e restaurantes locais.

MONTANHA DA PENHA
É muito fácil perder-se na Penha. Os caminhos e trilhos que por vezes passam por debaixo de penedos enormes tornam estes passeios mais divertidos e desafiantes. Este topo montanhoso, considerado o pulmão de Guimarães, é também um bom local para convívios com várias tascas a oferecerem uma oferta variada.

A CULTURA CASTREJA EM BRITEIROS
Estima-se que os primeiros habitantes desta citânia possam ter vindo há cerca de 3000 anos, ainda antes das invasões romanas no século I a.C. Aqui viveu um povoado dos tempos da Idade do Ferro e que deixou vestígios de alguma modernidade como um balneário público que até há bem poucos anos se dizia tratar de uma câmara funerária. Vale a pena explorar também os trilhos e o Museu da Cultura Castreja.

IGREJA ROMÂNICA DE SERZEDELO
A freguesia de Serzedelo tem um belo exemplar do Românico em Portugal. Esta igreja foi recentemente reabilitada e estima-se que a data da sua construção seja entre os séculos XII e XIII, e é denominada de Igreja de Santa Cristina de Serzedelo. Aconselha-se uma volta pelos tascos aqui perto.

Share.

Comments are closed.