5 restaurantes obrigatórios em Guimarães

1

Guimarães tornou-se sinónimo de boa gastronomia nos últimos anos. Para isso contribuiu muito a aposta na nova cozinha.

São muitos os restaurantes onde se (muito) come bem na cidade berço. Contudo é preciso destacar alguns dos pontos obrigatórios da gastronomia local como são os exemplos que sugerimos a seguir.

34
É recente e tem encantado os presentes com o melhor da gastronomia mundial. Do oriente às Américas são muitos os sabores para experimentar no número 34 do Largo António Leite de Carvalho, perto da Feira do Pão. Recomenda-se vivamente o ceviche, o tártaro e, claro, as guiosas.
Preço médio: 25€

A COZINHA
É o único restaurante da região a ser galardoado com uma Estrela Michelin e não se fica por aqui. A Cozinha foi feita à medida pelo chef António Loureiro e é um daqueles lugares que se tem que ir, pelo menos uma vez na vida.
Preço médio: 70€

LE BABACHRIS
O chef Christian Rullan convida todos para uma experiência única no melhor da cozinha francesa. O Le Babachris situa-se perto do Largo do Toural e é um sítio de paragem obrigatória a um qualquer apreciador de gastronomia.
Preço médio: 38€

MEZANINO
Localizado no “novo” Largo de Donães, o Mezanino coloca o conceito de bistrô/bar bem no centro histórico de Guimarães. Cocktails, cervejas e pratos de comer com as mãos são alguns dos pedidos mais orquestrados por quem aqui vem.
Preço médio: 17€

RESTAURANTE S. GIÃO
É um dos históricos de Guimarães. O Restaurante S. Gião torna a comida tradicional minhota num exclusivo prato de gastronomia de excelência. Aqui provam-se os melhores sabores da região com um pequeno travo do melhor vinho local.
Preço médio: 27€

Share.

1 comentário